sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Leonardo não merecia!


Leonardo Jardim chegou ao Sporting como escolha consensual dado o percurso ascendente do treinador madeirense e o facto de parecer evidente a capacidade demonstrada nos últimos trabalhos realizados nomeadamente a estadia no Braga e a passagem relâmpago pelo Olimpiakos  mais uma vez com sucesso evidente.Era hora de desafio ainda mais ambicioso e Alvalade era a casa certa no momento certo.


O Mister tem demonstrado toda a sua capacidade na condução de uma equipa jovem mas extremamente equilibrada que compete do primeiro ao último minuto não dando nunca nada por entregue e,apesar da verdura de alguns dos seus jogadores,apresentando sempre níveis de organização muito elevados.Mentalmente tem sido também uma mudança radical a atitude racional que a equipa principal do Sporting tem evidenciado assumindo,aliás, a imagem do seu próprio técnico que mantém o seu «low profile» apesar de sabermos que está a tripular uma nau que exige perícia,concentração e confiança de forma a contornar todas as tempestades que se lhe atravessam pela frente e...não só.
O treinador soube também com maestria resistir em momentos de grande pressão ao facilitismo nunca embarcando em discursos fúteis e que em nada ajudariam o seu verdadeiro trabalho que é obviamente continuar a potenciar os seus jogadores de forma a poder evoluir na continuidade e construir assim a pouco e pouco a equipa que todos os sportinguistas desejam esquecendo até a dificuldade da tarefa devido ao menor fulgor financeiro.
Nesta primeira fase de construção de uma equipa fica a coragem de apostar num jovem chamado William Carvalho para uma posição fulcral no terreno quando falamos de equilíbrios quer defensivos quer ofensivos,posição esta ocupada pelo ex-capitão de equipa Rinaudo.É bom recordar que estamos a falar do médio defensivo de Portugal na próxima década.Outras decisões terão passado mais despercebidas ao público em geral mas a verdade é que o treinador do Sporting tem passeado a sua capacidade desde o início da época independentemente de ter ou não o sucesso desportivo que dele se espera e por consequência do clube que ele representa.
Tudo isto para falarmos da decisão de Leonardo jardim de alterar o xadrez da sua equipa apresentando dois avançados ao invés da habitual disposição tática da equipa que contempla apenas um avançado no último jogo disputado perante o Benfica na Luz.Somente ele saberá qual a intenção que estará por detrás dessa decisão e também saberá retirar daí conclusões que lhe permitam não repetir o famigerado erro segundo várias análises que têm vindo a público e com as quais eu não concordo.
É aceitável que se pense que Leonardo Jardim se enganou pois a opinião é livre,na minha ótica dizer-se que o Mister do Sporting errou porque teve medo é fanfarronice irresponsável e pouco séria!

ps:não sou do Sporting e mesmo que fosse!



Sem comentários:

Enviar um comentário