quarta-feira, 19 de junho de 2013

Bayern dá tiro no pé!

O que terá estado por detrás de tal precipitação?

O gigante bávaro cometeu um erro de palmatória ao anunciar prematuramente a contratação de Guardiola ainda antes de iniciar a época que viria a revelar-se perfeita com Jupp Heynckes,de raiva, a «arrancar» o triplete conquistando a Champions,Bundesliga e taça da Alemanha.
Um clube recheado de figuras do futebol,experimentadíssimos, tais como Beckenbauer,Rummenigge e outros ter-se-á precipitado ao anunciar antes de tempo a contratação do treinador catalão sem razão aparente a não ser talvez a euforia de ter contratado um treinador que era um «desempregado» de luxo depois de excelente campanha no Barcelona.
Intencionalmente ou não acabou por revelar-se numa falta de respeito latente em relação a Heynckes que teve muita dificuldade em lidar com tal afronta indignando-se principalmente contra o facto de não poder ser ele tão pouco a delimitar o seu final de carreira.
Quiçá,terá sido a sua principal fonte de motivação(só ele saberá) para enfrentar esta época que viria a revelar-se de sonho permitindo ao consagrado treinador uma saída altamente honrosa e que o coloca pela certa entre os melhores dos melhores.
Guardiola, que já tinha  pela frente um desafio aliciante,vê hoje o mesmo revelar-se ainda mais ambicioso e com margem de erro pouco extensa mas que na minha opinião  não vai assustar um treinador que revelou grande capacidade em Barcelona.
Penso ter sido um episódio execional num clube que é conhecido por ser ponderado nas suas decisões e que comete poucos erros de palmatória.
Talvez com matéria para outro post,o que nos apetece adivinhar nesta altura é se Guardiola vai colocar o Bayern a jogar o seu célebre tiki-taka ou se por outro lado vai beber da filosofia do clube alemão e adaptar o seu modelo de jogo a essa forma de jogar também de regra e esquadro mas com maior distância entre jogadores e menor quantidade de passes.
Aguardemos!



2 comentários:

  1. Heynckes reformou-se, é esta a razão aparente da sua substituição por Guardiola, retirou-se em grande. Não será o melhor momento para alguém decidir acabar a carreira? Sem polémicas e com a caracterizante frieza alemã, Heynckes afirmou ao jornal alemão, Der Spiegel ter sido uma boa decisão.
    Assim sendo:
    Guardiola vai agarrar uma equipa lotada de craques e com cerca de 300 Milhões de Euros para gastar com contratações. Já contratou um dos melhores médios do mundo no futuro, Gotze e vai a caça de um dos melhores avançados do planeta.
    Concluindo: Com a mentalidade germânica substitui-se apenas o treinador e não acredito que este altere a forma de jogo. Esperamos então para ver.
    J.Coelho

    ResponderEliminar
  2. Obrigado pelo comentario Jose.Apresentado assim estou de acordo contigo e de facto a qualidade nao vai baixar.Estou curioso em relacao ao modelo de jogo que o Bayern vai apresentar.Guardiola e um pensador do futebol,vamos ver........

    ResponderEliminar